mct mpeg
Get Adobe Flash player

    Pesquisadores, sociedade civil e setor produtivo discutem o futuro da Amazônia

    No workshop realizado em Belém, espera-se a avaliação detalhada do estado atual da região e proposição de ações para um futuro sustentável

    Agência Museu Goeldi – Qual o futuro que queremos para a Amazônia? Respostas a essa questão são discutidas nos dias 24 a 26 de junho em Belém, na oficina de cenário participativo da Amazalert. A coordenadora do INCT Biodiversidade e Uso da Terra na Amazônia e pesquisadora do Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG), Dra. Ima Célia Vieira, é uma das mediadoras junto a representantes da Embrapa Monitoramento por Satélite, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e do Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Pará (IDESP).

    O evento tem o objetivo de reunir representantes da sociedade civil e do setor produtivo para discutir cenários alternativos de futuro para a Amazônia Brasileira em 2050 em relação aos recursos naturais, desenvolvimento social no campo e nas cidades, contexto institucional e político, e atividades econômicas, infraestrutura e tecnologia. Com isso, espera-se obter a descrição completa da situação atual e tendências na região amazônica, a visão de futuro e as ações necessárias para alcançá-la.

    No evento, será utilizada uma abordagem participativa para que os cenários da Amazônia do futuro sejam uma construção coletiva e reflitam as perspectivas dos diversos setores. Modelos computacionais de cenários alternativos sobre o uso da terra na região também serão discutidos e apresentados pelos pesquisadores do projeto Amazalert.

    No segundo semestre de 2013, será realizada uma segunda oficina, em Brasília. Representantes dos Ministérios e cientistas irão refinar as trajetórias e ações discutidas, subsidiando políticas públicas para alcançar o futuro desejado à Amazônia.

    Amazalert - O projeto investiga como mudanças globais e regionais no clima e uso da terra irão impactar a Amazônia. Financiado pela União Europeia, reúne um consórcio instituições nacionais (INPE, EMBRAPA e USP), sul americanas (FAN e UNAL), e europeias (ALTERRA, MetOffice, CNRS/IPSL, UGENT, VU University, The University of Edinburgh e University of Leeds).

    Serviço:

    Workshop “Qual o futuro que queremos para a Amazônia?” de 24 a 26 de junho, no Hotel Crowne Plaza, em Belém-PA.